Como fazer um Pitch de Sucesso? How to make a Success Pitch?

Em português:

O que é um pitch?

Nos Pitchs que participo sempre me pedem. Então resolvi fazer um vídeo com os 10 pontos que mais me atento numa avaliação de #projetos para a Widjet Celera, investir:
#comofazer um #pitch de #sucesso ?

Saiba como fazer um pitch “matador”, de sucesso e que gere competição entre os investidores querendo investir em seu projeto.

Neste vídeo ele detalha os 10 itens que os investidores anjos e fundos de capital venture, prestam muita atenção para escolher em que negócios investir tempo e dinheiro.

Se você quer saber o que é um pitch e como fazer um pitch de sucesso, não deixe de ver este vídeo.

Artigo publicado no portal Administradores

______________

Roger Maia é Mestre em Educação pela UEMG, Especialista em Sistemas de Informação pela
UFMG, MBA em Gestão Empresarial pela FACED e graduado em Ciências pela FUOM, Professor universitário e de pós graduação, CEO da Vilesoft e Search Fund da Widjet Celera. Também é membro efetivo da SBC – Sociedade Brasileira de Computação, desde 2005

In English:

What is a pitch?

Learn how to make a successful pitch and generate competition among investors wanting to invest in your project.

Roger Maia is a Search Funds of Widjet Celera of the Vile Group. And it invests in startups and information technology businesses.

In this video he details the 10 items that angel investors and venture capital funds pay close attention to choosing in which business to invest time and money.

If you want to know what a pitch is and how to make a successful pitch, be sure to watch this video.

Patrocinadores / Sponsors:

Widjet Celera | Search Funds

Vilesoft | Software de Gestão Empresarial | Business Management software

 

Dinheiro não aceita desaforo

PREGUIÇA, PRESSA OU FALTA DE CONHECIMENTO?

Muitas vezes somos convidados para analisar projetos para investimentos em Startups e em outras empresas com dificuldades financeiras e que precisam de caixa.

Quando é startup geralmente tem um Business Plan, pena que as vezes é só uma cópia com logotipo e nome da empresa mudados, lá do bplans.com (que por sinal é muito bom como referencial) ou similiar.

E quando são empresas mais antigas em dificuldades financeiras, não há nem um Business Plan, nem mesmo copiado.

É triste ver um país com enorme aptidão para o empreendedorismo, trocar planejamento real por sonhos e entusiamos somente. 

E ver empresas e famílias com grandes potenciais de negócios, tomar um “coice” do dinheiro por apenas, correr para abrir uma empresa, registrar a marca o site, mas não preocupam com a sustentabilidade da empresa! 

Florianópolis Santa Catarina: a cidade da Tecnologia da Informação

Floripa: a cidade da Tecnologia da Informação

Fomos a trabalho a Florianópolis – SC para claro, tratar de assuntos que mais se fala e gera na cidade: Tecnologia da Informação.

Além do turismo, belas praias e um povo muito alegre e acolhedor, Floripa como carinhosamente é conhecida, respira tecnologia que é exportada para o mundo todo.

Mesmo sem sol neste dia, acredito que você vai gostar deste vídeo pequeno, incluindo imagens panorâmicas, mostrando o centro da cidade, as vias de acessos e pontos por onde trafegamos.

Para você também se apaixonar por esta cidade. Eu apaixonei!

E você já conhece esta cidade maravilhosa? Conte para nós.

Patrocínio
Vilesoft Software de Gestão Empresarial
vilesoft.com
0800 012 5000

Startups e Negócios Reais para implementar

Nesta 15ª Feira do Empreendedor da FACED, fui um dos avaliadores dos projetos apresentados.

E são Idéias fantásticas apresentadas pelos cursos de Administração , Ciências Contábeis e Moda da FACED.

Avaliamos os projetos e gravamos alguns deles para você ver conosco, a criatividade e força dos novos talentos que estão chegando ao mercado.

Você não pode perder estes projetos que os alunos da FACED prepararam e apresentaram para investidores e novos negócios.

Parabéns a todos os professores, dirigentes e aos brilhantes alunos que saíram da zona de conforto e trabalharam duro para trazer idéias simples, mas bem arquitetadas para serem implementadas na prática.

Os projetos focaram na originalidade, inovação, sustentabilidade econômica, social e ambiental; e na viabilidade de implantação no mercado e na comunidade.

Patrocínio

Vilesoft Software de Gestão Empresarial
vilesoft.com
0800 012 5000

15a feira do Empreendedor da FACED

PARABÉNS FACED PELA
#Espetacular 15a Feira do #Empreendedor

Foi um #prazer #avaliar os #trabalhos destes #brilhantes #talentos da #Faced

Muitos #projetos de grande valor e de real #implementação

Google Trends: o que é e como utilizar nos seus negócios

Google Trends

Saiba o que é o Google Trends, como utilizar esta ferramenta maravilhosa e que está disponível gratuitamente para você e sua empresa.

Saiba o que está sendo pesquisado sobre seu negócio, produto e obtenha dados que podem aumentar sua visão de seu negócio e lhe beneficiar com informações.

Afinal, quem tem informação tem poder!

https://trends.google.com.br/trends/

Patrocínio

Vilesoft Software de Gestão Empresarial
vilesoft.com
0800 012 5000

Concorrência: Tire proveito dela!

Concorrência nem sempre é um problema

O que é problema é como você se comporta diante dela

E tanto faz se você é pequeno ou grande, você vai ter concorrente. Isto inclui na empresa, na vida amorosa, na igreja, com os amigos e onde você estiver. Nem que seja para conquistar a atenção dos seus iguais.

Então tire proveito da concorrência, nas atividades que ela vai ter que fazer como você também tem que fazer:

  • Abrir mercado
  • Criar cultura de produto
  • Pagar os custos da operação, e por isto não poderá ficar uma vida toda numa guerra de preços.

Então, a concorrência no fundo, acaba te ajudando, até na formação de mão-de-obra para seu negócio. E principalmente, para que você não caia na mesmice e se estagne no mercado.

Patrocínio

Vilesoft Software de Gestão Empresarial
vilesoft.com
0800 012 5000

Fundos de investimento na sua empresa: quando optar por este tipo de investimento?

O que são os Fundos de investimentos na sua empresa:

é o dinheiro novo, limpo,  que investidores externos injetam no seu negócio, por acreiditar que ele é muito lucrativo e dará muito mais rentabilidade que outro investimento do mercado.

São as chamadas joint venture , capital venture, investidor anjo, agências de investimentos ou qualquer outra fonte de investidores puramente financeiros.

São aqueles que colocam dinheiro no seu negócio, mas não entendem e nem querem entender nada de sua empresa.

Querem apenas os gordos dividendos e a possibilidade de no menor tempo possível, que outro investidor reinvista nesta empresa, cobrindo todo o investimento e com uma rentabilidade inigualável em qualquer outro negócio, ou que sua empresa, gere dividendos muito acima de outros negócios que possam investir.

Mas, passado o frissom de dinheiro fácil nas startups e empresas de tecnologia, sobra também o arrependimento de muitos empreendedores, que optaram por utilizar este tipo de recurso para crescer. Pois, na maioria das vezes, como são apenas investidores, estão obrigando o empresário, a colocar o “pé no acelerador para nunca mais tirar. Aumentando sempre mais as apostas, lançamentos de novos produtos e consequentemente: mais trabalho, mais dor de cabeça e menos sossego; como o coitado do empresário, havia sonhado; quando iniciou o negócio e inocentemente entrou neste barco de fundos de investimentos em seu negócio.

Fundos de investimentos são ideais para startups e empresas nascentes. Entretanto, para empresas sólidas, a melhor opção é sempre tentar crescer com seus próprios recursos. Mantendo os sonhos, o ambiente de trabalho e a qualidade de vida dos empreendedores.

Quanto optar por este tipo de investimento, então?

Mas cada caso é um caso. Há negócios que se não houver um investimento vultuoso, ele pode declinar a curto prazo. Principalmente, onde há novos entrantes ou os produtos “vaca leiteira” estão caminhando para “cachorro magro”. Use se precisar, mas use sempre com moderação.

A melhor opção é você, empresário, se tornar também um investidor anjo e entender como este negócio funciona, antes que seja o alvo de um deles.

Patrocínio

Vilesoft Software de Gestão Empresarial
vilesoft.com
0800 012 5000

Fluxo de Caixa Simples | Nos negócios, confiança ainda é tudo

Fluxo de Caixa é algo muito simples e ao mesmo tempo muito difícil de gerenciar.

Fluxo de Caixa nada mais é do que a disponibilidade diária que a empresa tem para pagar seus compromissos com seus fornecedores, colaboradores, governo e toda a cadeia de abastecimento do seu negócio.. E vale também para a pessoa física.

  • Fluxo de Caixa = Entradas – Saídas
  • Fluxo de Caixa = Receitas – Despesas
  • Fluxo de Caixa = Faturamento – Pagamentos

Preste muita muita atenção no fluxo de caixa, sua empresa não irá se perpetuar. Por mais lucrativa que seja. Pois, não adianta resultado mensal sem você não tiver resultado diário e cumprir suas obrigações com fornecedores.

Veja este vídeo do Empresário Renato Miranda, Diretor da JVS Construtora, com dezenas de anos de experiência em gestão de fluxo de caixa e com uma empresa de sucesso constante no mercado.

Patrocínio

Vilesoft Software de Gestão Empresarial
vilesoft.com
0800 012 5000

Itens de controle na sua empresa. Passou de 6 virou novela!

Ser #empreendedor é fácil, difícil é ser #empresário! Aqui deixamos mais uma dica de como gerir seus negócios e ter controle da operação e dos resultados.

“Informação demais é informação de menos”

Já falamos sobre #pontodeequilibrio, #foco , #fluxodecaixa e várias outras #dicas que deixamos nos vídeos anteriores. Nossa dica de hoje é sobre quais itens de controle você como gestor empresarial precisa e deve ter.

Não importa se você  tem só você de funcionário, dez, cem, mil ou milhares de funcionários; informação demais acaba sendo informação de menos. Tenha o necessário, aquelas informações que realmente são os pilares do seu negócio.

Na prática, para qualquer empresário por mais capaz que seja, não consegue gerenciar e tornar útil, informações de mais que seis itens de controles. Passou disto, está além da capacidade de qualquer ser humano ser proativo. Se insistir, ele, o empresário, passará a ser somente um colecionador de dados, portador de ansiedade, cansaço e ter a constante sensação de que todos os outros empresários são sempre mais capaz do que ele.

Até “aquele menino da #startup nova” da revista que você leu.

Lembre-se, dados são voláteis e se deterioraram muito rápidos no ambiente corporativo. Ou você usa, ou vira entulho e registro de fatos, nunca como artefato para construção de cenários e opções de decisão no seu negócio.

Então, seja #eficaz, #eficiente e #efetivo:

selecione no máximo 6 itens que você deverá controlar e agir com precisão cirúrgica como empresário.

E é óbvio que você precisará delegar mais 6 itens para a gerência abaixo e sucessivamente e hierarquicamente, até que os principais indicadores do negócio estejam todos gerenciados e na #pontadalingua.

Espaço para oportunidades

Ainda sugerimos mais, tenha somente cinco itens de gestão, deixe um #gap para um sexto e #esporádico; que sempre aparece e carece de sua atenção. E que este esporádico, possa entrar na sua agenda, ser administrado e delegado a um nível abaixo de você, rapidamente, para que haja espaço para um outro que se revelar mais importante no seu #corebusiness.

Siga esta dica e seu negócio e/ou sua administração sairá do #marasmo, e você de #férias tranquilas, que eu sei, que há muito não tem visto sua “cara”.

Grande abraço e acorde! #AVidaPassaRápidoDemais!

Patrocínio

Vilesoft Software de Gestão Empresarial

vilesoft.com

0800 012 5000